terça-feira, 25 de março de 2008

Vita & Virginia

Na orla do andar, disfarçavam-se em avós
lavavam lençóis e cerziam os buracos das meias
tricotavam a vida com linhas e laços sem nós
como duas aranhas a tecer teias.
Vita bordava jardins em ballet de linhas
remendava o mundo num bem-me-quer.
Virgínia rezava Ave Marias e Salve Rainhas
para um deus transformado em mulher.
Costuravam fantasias e bordavam caminhos
Decifravam enigmas e corriam na contramão
Exalavam maresia e ventavam moinhos
Refogavam sonhos no fogão.
Vita me deu a fúria dos mares bravios
a saudade do porto e a fome das navegações.
Virgínia deu-me a química dos desafios
os pontos, as vírgulas e as interrogações.
Quando morreram, não viraram estátuas de praça
e lentamente a fumaça do tempo as foi levando.
Hoje, quando tudo está vazio e sem graça
me visto com as duas e na Orla Ando.

Certa vez uma cartomante me disse que os fantasmas de duas mulheres me atormentavam. Sugeriu um trabalho. Pediu dinheiro e alguns badulaques. Ficou furiosa quando eu respondi que lhe daria em dobro, contanto que as duas ficassem.

7 comentários:

JC Duarte disse...

"Cerzir as meias"!
Faz muito que não ouvia esta expressão. Vou ter que recuperar o verbo para o usar um destes dias.
Obrigado pela lembrança!

Anah Gorgo disse...

Belas lembranças...

Stephanie Thuller disse...

Tá tudo muito lindo aqui no seu blog.
E as coisas que você escreve também são lindas!Beijos!!!

::Luly:: disse...

Adorei o blog! parabéns!
Não prometo comentar sempre, mas passar p. ler tuas linhas com certerza!
Bjos

Leonor disse...

as memórias são coisas fascinantes... aliás a nossa cabeça...

é sempre um prazer ler os seus textos

damadolago disse...

vim xeretar seu blogg ja, o amor q vc tem por suas antepassadas é admiravel, tz seja isso q te faça ser tb admiravel. mil luas!
Beth Ghimel

jorgeana braga disse...

gostei do que vi por aqui. posso linkar?

www.jorgeanabraga.zip.net

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!