quarta-feira, 26 de março de 2008

Spell


Preciso de agulhas de ouro
uma gota do sangue de uma
virgem
uma estrela ainda viva
um retalho da colcha de alguma rainha
uma nota musical desconhecida
e um novelo de raios da lua.
Preciso também de um eclipse
(e se possível, uma tempestade)
Necessito urgentemente de ventos
e também de calmarias.
Depois de misturar tudo no meu caldeirão
finco o seu corpo num meteoro
rasgo a noite com uma tesoura de luz
invoco o fantasma de Cole Porter
e vamos ao Village
escutar uns blues!
Quando VITA se apaixonava, não escrevia cartas nem poemas. Saía para o jardim e fazia feitiços!

2 comentários:

Histórias disse...

Amei o blog, desejo sucesso pra vc sempre!
Vc nos faz crescer com sua sabedoria, amo o que vc escreve, parabéns!
bjs

Priscila

Liz Christine disse...

eu gostaria de saber fazer feitiços... mas continuaria escrevendo!

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!