sábado, 15 de março de 2008

Miséria Física

Se havia uma coisa que em Vitalina provocava compaixão até pelo seu pior inimigo, sem dúvida era a miséria física. "Na hora da doença se esquece de qualquer desaforo", ela dizia, ao mesmo tempo em que preparava um xarope para alguém que não queria ver "nem pintado de ouro".


Quase ninguém entendia aqueles momentos de trégua, quando Vitalina suspendia as rusgas enquanto colhia ervas e criava remédios para os seus maiores inimigos. "Coração cristão", muitos diziam, "alma magnânima", outros repetiam. Vitalina ria.


Levei muitos anos para desvendar o mistério e só o solucionei quando um dia, ao ver minha avó preparando um dos seus unguentos para uma vizinha que liderava uma campanha difamatória contra ela, perguntei pela razão de tanta generosidade. Com cara de nojo, ela me respondeu: "Não há nada mais humilhante que lutar com um inimigo doente!"




Texto extraído de meu livro O Caldeirão da Prosperidade, publicado pela Editora Planeta.

6 comentários:

Boadicea disse...

Márcia,
é minha primeira visita e o BLOG está lindo! Ainda estou lendo os textos, mas já estou achando-os o máximoooo!
Beijão!

Gi Malkaviana disse...

Que bom que gostou do meu blog!!! E sabe de uma coisa? Eu também adorei o seu!!! Genial essas fotos... Agora vou sempre estar dando uma passadinha por aqui...
Beijos

Sérgio Bernardo disse...

Oi, Marcia
Como é bom estar de férias e poder passar uma tarde inteira na net, conferindo os blogs, como faço agora com o seu. Tá superbacana! As fotos deram um atrativo extra aos seus textos. Gostei!!!
Abraços,
Sérgio Bernardo

Ariadne A... disse...

Mto bom seu blog!
E já sabe né?
Se quiser ir sempre no meu,esteja a vontade!
Bjos 1000

Carlinha disse...

Muito bom esse texto! Fecha exatamente com o que minha avó me ensinou!

Madja disse...

Muito bom!! Ainda não li o livro pq não encontrei nas livrarias mas já comprei hj pela internet.
O blog está lindo. Adoro fotos antigas.

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!