terça-feira, 4 de março de 2008

Luizas, Lagoas e Jobim


Vem Cá...


Vem Cá Luiza...


A primeira vez que ouvi Jobim executar Luiza tive a nítida certeza daquilo que desconfiava desde os meus tempos de criança: Luizas são lagoas.
Plácidas, sombrias, iluminadas, salgadas, doces, encrespadas, espelhadas, transparentes, lisas, negras em noites sem lua, cintilantes em noites de céu estrelado e em dias de sol.
Esféricas, concêntricas, tanto afogam em traiçoeiros redemoinhos como emergem dragões lendários. Reticentes, sábias, implacáveis; permitem, ou não, aproximações e distanciamentos.
Abaetés, Titicacas, insanas, delirantes, rodopiantes em sapatilhas de bailarina, enraizadas nos confins da terra, afogadas em si mesmas, dodecafônicas em sinfonias que só elas ouvem, Luizas são notas musicais que escapam para si e em si e se bastam.
E por mais que os nossos pés brinquem nas suas bordas, por mais que atiremos em suas águas pequeninos seixos, elas permanecerão intocáveis, imutáveis, encrespadas em espirais engolidas por elas mesmas.



LUIZAS




LAGOAS





A idosa: vó Luiza, lagoa de caramelo.




A noiva: Maria Luiza, mãe que me apontou o caminho dos devaneios.





A bailarina de óculos escuros: Luiza Lagoas, amiga em águas de sapatilhas, mãe de Júlia Cristina e Vitória.





Um comentário:

Anna Carla disse...

Linda!
Seu blog está uma delícia!
Assim como seus livros!!!
Tive a honra de adicionar nos meus favoritos, sinta-se à vontade para visitar o meu:
http://cadernodecabeceira.blogspot.com/
Beijo grande e mais sucesso.

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!