terça-feira, 18 de março de 2008


No amor e na cozinha há de se comer sempre com os olhos, passear a língua sobre os lábios e engolir todos os líquidos da gula. Deve-se elevar a imaginação a céus nunca dantes navegados e cobiçar com a intensidade dos avarentos. Não se deve poupar um milímetro do fio do desejo, nem o guardar para olhares futuros. O olhar da gula não tolera poupanças e é sempre perdulário.
texto extraído do meu livro, Amor se Faz na Cozinha, publicado pela Editora Bertrand.

3 comentários:

D'angelo disse...

Menina, adorei seu blog. Vou add no meu favoritos ok?
Bjimmmmmmmmmmm

Emanoella disse...

Amor se faz na cozinha, esse santuário majestoso, do mais simples ao sofisticado, onde temperamos os nossos desejos e riscamos do nosso livro de receitas as visitas indesejadas.
Faço do seu blog a minha cozinha virtual, onde todo dia terei o prazer de matar a minha gula das suas palavras tão sábias.
Parabéns pelo blog!

Luna disse...

Maravilhoso!!
Parabéns pelo blog.

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!