quarta-feira, 9 de abril de 2008

Foolices


O dia amanhece como um poeta buscando rimas
como um escafandrista catando pistas no fundo do mar.
Amanhece um pouco além da cortina
entre a curva da embriaguez
e o comprimido de aspirina.

5 comentários:

Carlinha disse...

Oi Marcia!
Passei para ler as novidades e deixar carinhos!
Não esquece de passar lá no meu Blog
www.retalhodelua.blogspot.com
Mil Luas

* hemisfério norte disse...

eu busco rimas quando anoitece
:)
fui convidada a participar num pequeno espaço de pequeas coisas.
http://miniminimos.blogspot.com/
honrar-me-ia a sua visita e o seu comentário. se possivel ckique também no quadro da direira para fins estatisticos
obrigada desde já
1 bj
deste lado do atlântico
a

Scherzando Sax ::. Multimidia.:: disse...

É verdade, somos da mesma cidade. Obrigado por passar no meu blog

Liz Christine disse...

olá!
eu gosto quando o dia amanhece...

beijos,
Liz

؆Um Sombrio Gothic apaixonado؆ disse...

Olá minha querida escritora, muito bom o seu blog. na verdade esse poema é de minha futura esposa, mas o blog é meu, muito prazer em conhecê-la e é uma enorme honra para mim que visite meu blog mais e mais vezes.
olha muito legal moramos na mesma cidade.
Bom eu sou escritor ainda estou em meu primeiro trabalho que em breve se tudo der certo estará sendo públicado.
Ainda não tenho editora não, se puder me indicar alguma, ficarei muito grato. também sou compositor e gosto de escrever, vi que tens muitos livros, muito bom posso passar ser seu fã, pois amo ler.
Amei seu blog e os seus títulos de livros meus parabéns.

Thiago Tracera da Silva

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!