terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Geografia, Eu & Maysa


Mundos não caem, disse Dona Vera, a professora de geografia. Solteirona amarga, seca, ossuda, desaguada como os desertos que pomposamente apontava no quadro negro.
Mas o da Maysa caiu, disse eu exibindo o long play roubado da coleção de minha mãe. Caiu porque alguém a fez ficar assim : bela como uma tela de Monet.
Que Monet é esse, garota? E que mundo é esse que despenca? Dona Vera replicou já com a caneta vermelha, pronta para me tascar um zero.
Não sei se por medo da redondura na caderneta ou se por ter aprendido com Maysa que os desertos dos mapas não abrigam beduínos, me encolhi na carteira abraçada ao disco.
Com Dona Vera aprendi uma geografia estática, imóvel, grudada no Atlas como um cadáver seco de urubus. Com Maysa, aprendi que o mundo vive caindo...

2 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Maysa não faz meu tipo: tem cara de drogada. Agora, essa patinadora bonita do teu blog, sadia e sisuda parece contigo. É?

fraterno abraço
Marcos

Jac. disse...

Linda Maysa!
Lindos Mundos!
Lindas Quedas!

Gostei muito do seu texto...do seu jeito!

Abraço.

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!