terça-feira, 24 de junho de 2008

A Arruda e a Ruta Graveolens


Dona Belinha é a pessoa mais sábia que conheço. Nunca saiu de Friburgo, não passou do ginásio e muito menos leu Sócrates. O seu conhecimento não percorreu os corredores das universidades nem as páginas dos livros. Saber genuíno, visceral, integro, digno. Não possui a arrogância dos "cultos" nem o pavonismo dos deslumbrados. É um saber matuto, humilde, delicado e receptivo. Não se aborrece com o outro nem disputa palitinhos com este. Recebe o mundo de braços abertos e sempre tem um sorriso para consolar os aflitos. Não é televisível (a humildade não combina com as telas), não é colunável... É bojudo e pleno como um domingo de sol, carinhoso como o afago de um filho, gentil como o laçado do tricô de uma velha. Nunca deu cursos e fica vexada quando lhe pedem para que ensine. Quando a conheci lhe pedi que me ensinasse. Me conduziu então a sua cozinha e serviu-me café com broa de milho. Falou-me dos netos, bisnetos, e dos seus tempos de mocinha. Perguntou-me sobre a minha vida. Quis saber os nomes que dela fazem parte. A tarde transcorreu entre lembranças e sonhos. Quando sai, percebi que tinha aprendido a lição do mundo. Desde então ficamos amigas. Trocamos sonhos, costuramos idéias e bordamos caminhos. Vez por outra por lá aparecem outras amigas e juntas colhemos ervas, criamos perfumes, cozinhamos xaropes e unguentos. Belinha ri quando chamo a arruda de "ruta graveolens". Perto dela o conhecimento acadêmico vira um menino vaidoso e sem sentido...

5 comentários:

Cranmarry disse...

Dna Belinha (e você) poderiam morar mais perto.
pelo que você descreve, tudo parece muito simples e o é...

O dificil é tentar parar de complicar a vida não?

Obrigada pelo texto (e por todos que ja foram publicados em livros também)

bjo

Ni disse...

O seu blog é dos que mais prazer me dão ler.
Faltam Donas Belinhas no mundo. Há primas-donas a mais!
Beijos de Portugal

Jô Gadonski. disse...

As avós e seus olhinhos líquidos.
Gotas-amostras de um mar de sabedoria.

Beijo, Marcia.

Márcia disse...

Você é fantástica mesmo! Quando recebi a mensagem falando do Blog achei que era vírus!
Aqui é uma obra-de-arte.
BB

Ametista Eleuthera Kunoloverna disse...

Gosto do blog.

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!