domingo, 14 de dezembro de 2008

Sweet Sertralina

Doce,
amarga na euforia.
Biombo das dores
oculta os ais
e escorre a vida... feliz.
Cadê meu comprimido?
Já desceu pelo canal da garganta?
E cadê eu que não me encontro
com a minha dor?
Cadê meus ais,
e sei lás?
Onde foi parar a lágrima
que nascia, eterna,
entre a ladeira do nariz
e o túnel dos olhos?
Ah, sweet sertralina,
tão doce como os adoçantes,
artificiais...

3 comentários:

escotilha disse...

...Márcia...
eu tenho certeza de que é música esta sua poesia delicada e sonora!

um beijo com o afeto de fã!

betina moraes

Iris disse...

Ainda bem que vc tem blog Marcia! Pq só nos livros fica ruim de estar perto de sua energia absurdamente "personalizada".
Voltarei varias vezes e continuarei lendo várias vezes seus livros que me ajudam muito no caminho que reconheci nesta vida

ADRIANO NUNES disse...

Márcia,

Feliz Natal!

"ARTESANAL" (para meus pais e meus irmãos que suportam, todos os dias, a dor da distância e da ausência)


Estou triste e tudo dói
Em minh'alma. Nada achei,
Quando segui a dura lei
Do sonho. São apenas sóis


Brilhando nesse vazio,
Alguns versos de Natal.
Nesta vida artesanal,
Quase tudo é tão tardio.


Estou triste. Por que sempre
Espero romper o dia
Sem surpresa, sem presente?


Por que não me preveria,
O céu, dos três reis cadentes,
De Deus, da selvageria?


Adriano Nunes.

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!