sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Salto 2 1/2 sob Livros

Em ponta de lua crescente
equilibravam-se.
Jazidos em ataúdes de papelão
como defuntos siameses
em triste arremedo de Shakespeare.
Sob colcha de celofane aguardavam
o badalar do relógio da etiqueta
- suiçamente exato -
deitar um livro sobre a cabeça
e depois riscarem o piso da sala
em monótono passeio de soldados.

3 comentários:

Leonor disse...

e que bem que elas estão, preparadas para semelhante tarefa...

Hazel disse...

Cara Márcia. Já bisbilhotei o teu blog de uma ponta à outra. Muitas coisas não entendi. Outras senti. Achei muito invulgar e interessante.

Escrevo de Portugal. Os teus livros também estarão cá à venda?

Pensei duas vezes antes de comentar, pois, olhando para a tua foto de cara séria e sorriso invertido...

Mas comentei!

Beijos para ti.

Luana Mello - Dança do Ventre disse...

Márciaaaaaaaaa

Atualiza maaaais, sinto falta de ler seus posts!

Sou sua suuuuuuuuper fã (e pisciana exagerada tb, rsrs)

Beijos

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!