sexta-feira, 11 de julho de 2008

Não Quero Ser John Malcovich




Não quero ser John Malcovich.


Prefiro ser Antonio Cicero.


Se soubesse do meu desejo


Cicero soltaria uma gargalhada,


me mandaria plantar batatas


e ser eu mesma.


Malcovich é só um americano


com síndrome de europeu.


Cicero é universal.


Sem síndrome.


12 comentários:

Antonio Cicero disse...

Marcia querida,

Você é maravilhosa e é louca! Mas é claro, como seria maravilhosa se não fosse louca? Eu mesmo não tenho certeza de que quero ser quem eu sou: nem sei bem quem eu sou. Antes ser Marcia Frazão! Mas adorei a loucura.

Um beijo grande,
Antonio Cicero

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Dei uma passada por aqui.Seu blog sempre encanta!

ROSA E OLIVIER disse...

"intima semente baila em meu reino
ao sabor de tuas doçuras..."

Ciao!

FEITA COM ALMA! disse...

Quero ser apenas eu Bárbara, me sinto feliz por encontrar respostas magnificas, ao longo da vida aprendo em simplesmente sentir e aceitar a minha essência.Conhecendo cada nota, uma de cada vez, estou me sentindo bem e isso é um presente!!

Chica disse...

Marcia querida,

Adorei como vc vê o Cícero e adorei a foto dele. É bem ele.
Sabia que fomos colegas de sala na Filosofia?
Beijos,
Chica Granchi

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Eu só não quero ser Marcia Frazão, porque a que já existe é unica e encantadora!
Nada de "pleonasmos" inúteis ou clones...
Saudades
CHRISTINA MONTENEGRO

Aglaia Gaho disse...

Olá Márcia :)

Seus textos são como doces portugueses... derretem em nossas bocas e sempre deixam um gostinho de quero mais.

Gostaria de colocar o link do seu blog no meu. E vim aqui pedir "permissão". rs

Não nos conhecemos, mas vc conhece minha amiga iniciadora: Nôra Shannon.

Beijos
Aglaia

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

O que seria do mundo sem a loucura dos poetas?
Adorei.

no mundaréu disse...

Oi Marcia
adoro seus escritos, visito sempre

montei um blog, te linkei por lá
um beijo
Ritamaria

Carlos Magno poeta, escritor, visionario, existencialista, fiel ao surrealismo, dadaismo, simbolismo e neoplaticismo disse...

Macia Amiga,
muito bacana seu blog.
quando der passe la pelo meu.
www.notasdeleituras.blogspot.com.
abraxas

Bia disse...

"Toda loucura pode ser sã criação"

Marcia querida, essa frase é de uma canção sobre a carta "O louco".

Parabéns pelo seu blog, delicia!!! Vamos batendo bola e mexendo o caldeirão!

beijossss
Bia Sion

betina moraes disse...

sensacional!

ser Antônio Cícero é a questão!

é muito mais amplo e sincero do que ser Malcovich!

um beijo!

Chet

Chet

Home Sweet Home

Home Sweet Home
Que buraco é esse que me faz comer a geladeira?

Livros & Livrarias

Livros & Livrarias
Livrarias são janelas. Livros olham o mundo.Livrarias libertam. Livros revolucionam.

Senhoras do Santíssimo Feminino

Senhoras do Santíssimo Feminino
O poder sagrado Delas.

A Pergunta de Lacan

A Pergunta de Lacan
O mistério do gozo das mulheres

Afrodite & Panelas

Afrodite & Panelas
E no princípio era a GULA...

A Casa

A Casa
O mundo olha pelas nossas janelas...

Um Lance de Dados

Um Lance de Dados
Jamais abolirá o acaso

O Caldeirão

O Caldeirão
Ele não está no final do arco-íris

Armário e Gavetas

Armário e Gavetas
O que será que eles revelam?

Minha Cozinha

Minha Cozinha
Onde tudo começou.

Meus Segredos

Meus Segredos
Laços e refogados culinários

Nossas Luas

Nossas Luas
E são treze...

Seduções & Devaneios

Seduções & Devaneios
Eu o escreveria mil vezes!

Guadalupe, a Santíssima Mestiça

Guadalupe, a Santíssima Mestiça
Como amei descrevê-la!

Amor e Cozinha

Amor e Cozinha
Foi uma delícia escrevê-lo!